27 de Março de 2014

Amigos, nós cuidamos de 240 cães que foram abandonados pelas ruas e estradas. Estão todos em nosso sítio de Itapecerica da Serra, SP, que por sinal está todos os dias de portas abertas para visitação pública.

Estamos sem um grão de ração para dar a nossos cães amanhã. Ganhamos 10 sacos da Champ que está garantindo alimento apenas hoje.

Como ONG vivemos da doação dos amigos, simpatizantes e os que gostam de animais. Fazemos das tripas o coração para continuar trabalhando e mantendo nossos cães com dignidade, e quem nos conhece sabe disso, mas sem ajuda tudo fica muito mais difícil.

Você poderá levar ração direto em nossos endereços, bastando
acessar o link abaixo:


ou você pode contribuir com qualquer valor em nossas contas, que estão zeradas também.

ITAÚ
AG. 7847
C/C: 01301-3
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73

BRADESCO
AG. 86
C/C: 5620-0
Favorecido: Cão Sem Dono 
CNPJ: 10.157.938/0001-73

faleconosco@caosemdono.com.br

FOTO: Bebel, 2 anos, resgatada no Rodoanel em São Paulo, estava desorientada na área de acostamento, sem saber que rumo tomar. Hoje ela está fazendo exames, pois apresentou sintomas que sugerem papiloma.





Seja um padrinho de nossos cães




Manter nossos cães custa caro, já que procuramos dar a eles o que tem de melhor em atendimento veterinário, abrigo e também refeição.

Para nós, toda ajuda é sempre bem vinda, por isso convidamos você a conhecer nosso programa de apadrinhamento clicando na figura abaixo.

http://www.caosemdono.com.br/p/como-apadrinhar.html



Instale nosso aplicativo em seu celular e acompanhe na palma da mão tudo o que acontece na ONG Cão Sem Dono, nossos animais, nossas feiras de adoção, denúncias de maus-tratos e mais um monte de novidades.


Basta clicar no link abaixo de seu celular ou copiar o endereço:







MAIS UM TRISTE ABANDONO EM NOSSO ESCRITÓRIO.

Este é o Kim, um cãozinho que foi deixado em nossa porta no último final de semana. Seu estado de saúde é de doer o coração. Está magro, cheio de feridas e provavelmente foi vítima de atropelamento, pois está com sua coluna fraturada e nunca mais vai poder ser um cão normal.

Seu olhar é de deixar qualquer um com o coração partido. Está visivelmente triste, só melhorando quando fazemos carinho e damos atenção especial, coisa que para nós é bem difícil também, já que temos dezenas de outros animais para cuidar.

Pedimos desculpas pela publicação da foto, mas é apenas para revelar o quanto as pessoas ainda são ruins em deixar um animal chegar nestas condições ou abandoná-los como se não valessem absolutamente nada, esquecendo-se que por trás da carcaça bate um coração e há uma alma, um sentimento, uma vida que sente dor e fome.

Estamos precisando agora de uma cadeirinha de porte médio e tapetes higiênicos. Caso alguém queira adotá-lo para dar a ele a atenção que precisa, agradecemos também. Nosso endereço é Rua Jupatis, 105, Jabaquara, SP. Nosso e-mail para contatos: faleconosco@caosemdono.com.br


Lulu

Ela tem 6 anos, se dá muito bem com outros animais, e está à espera de uma família que lhe dê muito amor e carinho, coisa que ela também tem de sobra para dar.
Lulu está em nosso sítio de Itapecerica da Serra. Vá conhecê-la de perto e apaixone-se.









A dura vida de ser uma ONG de proteção animal.

 Em artigo publicado no portal Aprendiz, o colunista Fernando Rossetti fez recentemente um comentário sobre as dificuldades por que passam as ONG´s em todo o mundo, e diz que o problema maior está no “boom” de novas entidades que surgem no mercado – até mesmo pela inércia do poder público (grifo nosso) – e que passam a disputar ferozmente os doadores. Talvez aí a explicação de parte (e repetimos: parte) dos inúmeros problemas que ocorrem na proteção animal: tudo não passa de uma disputa pela fatia do mercado de doadores. E chega a ser até compreensível. Não só nós, mas todos passam por enormes dificuldades.

 Larry Cox, um dos principais diretores da Fundação Ford, apresentou um retrato assustador, porém realista, durante um simpósio na Universidade de Columbia (EUA). Disse ele: “o financiamento dos direitos humanos não está bom, nunca foi bom e provavelmente ficará pior antes de melhorar”. Cox falou sobre direitos humanos porque este era o assunto do simpósio, mas certamente ele se referia ao conjunto de entidades que atuam na área social.

 Segundo ele, há um crescimento no número de organizações não-governamentais e, ao mesmo tempo, uma diminuição nos recursos. A própria Fundação Ford perdeu US$ 6 bilhões de seus fundos (que caíram de US$ 15 bilhões para US$ 9 bilhões) nos últimos três anos.

 A estratégia apontada por Cox para decidir quem recebe recursos mostra que o problema não é apenas de concorrência entre ONGs. A ideia é, segundo ele, como fazer com que poucos recursos provoquem uma alteração profunda em todo o campo em questão, e é isso que ainda, pelo menos nós da ONG Cão Sem Dono, não descobrimos, já que os custos para tratamento de animais são altos, principalmente com remédios, exames, veterinários, funcionários, impostos, feiras de adoção e assim por diante, pois fazemos de tudo para que os nossos animais vivam com dignidade.

 Também, para nos manter em Itapecerica da Serra, SP, por exemplo, fomos obrigados a tirar dezenas de certificados e alvarás e nos adaptar como se fossemos uma empresa privada, e isso custa caro manter.

 Além disso tudo, pisamos em ovos todos os dias e isso cansa. Se de 240 cães que abrigamos um sofre um acidente qualquer ou fica doente, outro morre em uma provável briga ou até mesmo aparecem com pulgas ou carrapatos (que surgem de um dia para o outro), logo vem alguém dizer que não prestamos e que somos relapsos, descuidados, etc., iniciando-se campanhas e mais campanhas desmoralizantes, esquecendo-se de todos os outros animais que estão bem de saúde. Se não resgatamos por falta de condições financeiras – e sim, um resgate tem um custo alto muitas vezes - é porque não fazemos nada e, portanto, não precisamos de ajuda. Isso apenas para citar dois momentos que vivenciamos todos os dias, fora os ataques gratuitos de pessoas que nada fazem de útil em suas vidas, não gostam da forma como trabalhamos ou não gostam de nada e nem de ninguém.

 Há ainda a questão da visibilidade, pois segundo Rossetti as ONGs que crescem e aparecem acabam tendo dificuldade de captar recursos, ou porque a imagem de quem financia será diluída ou porque os financiadores acham que essas ONGs já têm o bastante. Na verdade, uma baita de uma encruzilhada, pois se não aparecemos ou pedimos não recebemos doações e se aparecemos demais também não, porque acham que já estamos bem.

 De nossa parte, aceitamos todas as sugestões possíveis, porque não estamos mesmo conseguindo levar adiante nosso trabalho com a tranquilidade das contas pagas. O sonho de um grupo de amigos que começou ha muitos anos - de tirar o maior número de animais abandonados ou em sofrimento das ruas, encontrar-lhes lares e brigar por seus direitos - está virando pesadelo. Soma-se a isso o número de adoções que está cada dia menor, pois a oferta de animais é enorme em função da falta de castração e pouco caso por parte do ser humano para com a vida animal.

 A única coisa que sabemos é que nossos fornecedores e funcionários também precisam receber por seus serviços e que sem eles não há cães resgatados e bem cuidados, e como não estamos conseguindo honrar com esses compromissos, tal situação está acabando com o nosso dia-a-dia.

 Quantos aos nossos cães abrigados, informamos que estão todos bem e precisando de lares. Nosso sítio está todos os dias aberto a visitação, bastando encaminhar e-mail para: faleconosco@caosemdono.com.br

 ET: Nossa dívida hoje é superior a 42 mil reais, fora as despesas normais mensais. Agradecemos de coração todos aqueles que estão nos ajudando de alguma forma, com doações, compartilhamentos, campanhas particulares, oferta de mão de obra e ração. Sintam-se abraçados.

 Para quem puder ajudar:

 BRADESCO
 AG. 1480
 C/C: 39641-9
 Favorecido: Cão Sem Dono
 CNPJ: 10.157.938/0001-73

 ITAÚ
 AG. 7847
 C/C: 01301-3
 Favorecido: Cão Sem Dono
 CNPJ: 10.157.938/0001-73

 Pag Seguro UOL: Acesse a página: http://www.caosemdono.com.br/p/como-ajudar.html



PINGENTE COM NOSSO LOGOTIPO





LEVE ESTA JOIA COM VOCÊ E AJUDE NOSSOS CÃES

Esta linda joia, confeccionada à mão e em prata 950, é a cópia fiel do novo logotipo da
ONG Cão Sem Dono. Os interessados em adquiri-la, e quantas peças desejar, poderão escrever para: faleconosco@caosemdono.com.br 

O custo, já com uma corrente que também é de prata, é de R$ 80,00 (oitenta reais). O prazo de entrega: 15 dias a partir do pedido e pagamento.

Também é um excelente presente de Natal.

Parte do valor arrecadado estará ajudando a ONG Cão Sem Dono.

Os depósitos deverão ser feitos exclusivamente na conta:

BANCO DO BRASIL
Agência 1545-8
C.C. 14.628-5
CNPJ: 67.077.610/0001-64






Pedigree premia ONG CÃO SEM DONO por seu 
desempenho e trato com os animais abandonados.

Como a grande maioria já sabe, a ONG Cão Sem Dono faz parte do programa ADOTAR É TUDO DE BOM da Pedigree, e por eles também somos AUDITADOS.

Sendo assim, é com satisfação que recebemos e compartilhamos a notícia que nossa ONG, após análise de vários itens, teve excelente desempenho dentro do Plano de Excelência da Pedigree, oportunidade em que ganhamos a premiação máxima que é 1 tonelada de ração, além de camisetas, cercadinhos, banners, canetas, entre outros produtos para serem usados em nossas feiras de adoção, cerca de 25 por mês.

Só a ração já nos dá a tranquilidade por uma semana de alimento de primeiríssima qualidade para nossos cães. Indispensável dizer que estamos muito contentes, pois premiações como essa só coroam o trabalho sério que procuramos desenvolver a cada dia, sempre agindo com responsabilidade tanto na questão de resgates quanto no processo de adoção de animais. Também nosso sítio e nossos cães estão sempre bem cuidados e atendidos por veterinários contratados e por clínicas em geral.

Claro que não somos perfeitos. Nem sempre conseguimos atender a todos ou salvar todos os cães, mas estamos sempre empenhados em fazer o melhor para os animais abandonados, estejam eles sob nossa responsabilidade ou não.

Muito obrigado aos nossos amigos e seguidores, e até aos que não gostam da gente (e tem muitos), pois procuramos receber toda crítica - não ofensiva, claro - como algo construtivo. Como todo mundo, vivemos e aprendemos todos os dias.

É preciso dizer também que sem a sua ajuda, nada disso seria possível.



PARA AJUDAR:



BRADESCO

AG. 1480

C/C: 39641-9

Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73



ITAÚ

AG. 7847

C/C: 01301-3

Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73



Também recebemos doações em nosso sítio de Itapecerica da Serra, SP. Basta nos mandar um e-mail com esta opção para que seja possível encaminhar endereço e mapa de como chegar ao local - faleconosco@caosemdono.com.br









Sobre os Beagles e os testes...



Em função de uma quantidade enorme de e-mails e inbox que continuamos recebendo de pessoas querendo adotar cães da raça Beagle, informamos que:



1) Não temos nenhum Beagle para adoção. A maioria de nossos animais são vira-latas e estão todos disponíveis para serem adotados, inclusive já estão castrados e vacinados;



2) Não estamos abrigando nenhum Beagle resgatado do Instituto Royal. Só temos abrigados os que resgatamos das ruas, os 50 que eram da D. Dalva e os que são abandonados no complexo do Rodoanel. Todos disponíveis para uma visitinha e, quem sabe, futura adoção.



3) Também não temos conhecimento de quem são as pessoas que resgataram os Beagles no último dia 18. O que sabemos é o que está sendo veiculado nas mídias sociais e imprensa.


Aproveitamos para reiterar nossos cumprimentos aos ativistas "acorrentados" que deram início a todo o processo de salvamento dos 178 cães que estavam nas dependências do Instituto Royal, bem como todos os que participaram dos resgates e enfrentaram a PM durante o último sábado.

O que os cientistas precisam entender é que a luta dos protetores é pelos animais que são mutilados ou abusados nas mesas dos laboratórios, pois eles são seres inteligentes e sensíveis. Como todo ser vivo, tem o ímpeto de viver, mas a eles não está sendo dada a chance de escolherem o próprio destino.

Em rápida busca pela internet é possível ver que o uso de animais em pesquisas tem prejudicado muito a ciência. Segundo alguns especialistas no assunto a introdução da transfusão de sangue na medicina foi atrasada em 200 anos por causa de seus maus resultados em experiências com animais, assim como o transplante de córnea que retardou essa técnica em 90 anos. 

Além disso, há uma infinidade de remédios testados em animais que prejudicaram e ainda prejudica a humanidade. O Opren, usado contra a artrite, foi testado com sucesso em animais, mas acabou causando a morte de 70 humanos e efeitos secundários graves em outros 3500, como problemas de pele, circulação, fígado e rins. A Talidomida foi testada em animais e os resultados foram crianças com deficiência física e morte de milhares de recém-nascidas. O Teropterin, usado para tratar a leucemia, foi testado antes em 18 mil ratos, mas seu uso fez com que as crianças morressem mais rapidamente.

Tudo não passa de poder econômico e justificativas para gastos com verbas governamentais. Testes em sua maioria são inúteis, pois a mesma penicilina que salva vidas, se fosse testada nos porquinhos-da-índia, jamais existiria, bem como a aspirina que é ótima para dores de cabeça e é potencialmente perigosa para cães e gatos além de causar deficiência aos seus fetos.

Na década de 50 um cientista resolveu usar uma cadelinha (Laika) em uma experiência, acreditando que ela traria benefícios à ciência. Seu nome, Oleg Gazenko, biólogo russo e ex-diretor do Instituto de Problemas Biomédicos em Moscou. Arrependido do que fez, declarou:

“Quanto mais o tempo passa, mais lamento o que aconteceu. Não devíamos ter feito isso, pois nem sequer aprendemos o suficiente desta missão para justificar a perda de um animal”. 

Esperamos que todos os que usam animais em laboratórios se arrependam como ele.



--- 0 ---





Só estamos doando para as cidades de São Paulo, Itapecerica da Serra, Guarulhos e região do ABCD




Nossas contas:


BRADESCO

AG. 1480

C/C: 39641-9

Favorecido: Cão Sem Dono

CNPJ: 10.157.938/0001-73

ITAÚ
AG. 7847
C/C: 01301-3
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73




DESCANSE EM PAZ DALVA. CUIDAREMOS COM CARINHO DO QUE É SEU.

D. Dalva sempre procurou dedicar-se aos animais e à sua família. Era uma mulher de fibra, lutadora, protetora, cuidava dos filhos, do marido doente e dos netos que ali foram deixados para que ela criasse. Cuidava de 70 animais entre cães e gatos.



No dia de ontem D. Dalva recebeu a notícia de que o CCZ de São Paulo estaria retirando todos os seus animais por ordem judicial, atendendo determinação do Conselho Tutelar em processo que tramitava desde 2008. Hoje, às 15h15, acabamos de receber a notícia de sua morte, ocorrida por volta de 14 horas em sua residência no Tatuapé. Ela estava junto com seus quase 70 animais e sua família. 



Ainda estamos chocados e muito tristes com a notícia e também não sabemos direito nem o que escrever a respeito, mas uma decisão nós já tomamos: vamos ficar com todos os animais dela e levá-los para nosso sítio de Itapecerica da Serra, em São Paulo. O CCZ concordou com a decisão e estará realizando os procedimentos necessários para essa transferência, que deverá começar neste sábado mesmo.



A todos os voluntários, precisamos de vocês amanhã, sábado. Faremos uma reunião no local. Aos amigos, vamos precisar de ajuda, muita ajuda para abrigar todos esses animais de uma única vez. Não sabemos ainda o que será necessário, mas informaremos posteriormente, bem como traremos outras notícias a respeito.



Por enquanto gostaríamos de pedir que todos façam uma pequena oração para esta grande mãe de filhos, mãe de netos e mãe dos muitos animais que acolheu em sua vida.



“Dalva, para você que enfrentou a vida dura, a morte não lhe é nada, apenas o descanso merecido".














17 CÃES DOADOS EM FEIRA DE ADOÇÃO

Nesta última 6a. feira, dia 03.08, mais 14 cães encontraram famílias responsáveis durante a Feira de Adoção realizada pela SOS BICHOS com apoio da ONG Cão Sem Dono.
Todo o material utilizado teve apoio da Pedigree já que fazemos parte do programa ADOTAR É TUDO DE BOM da empresa.
O evento aconteceu na cidade de Pouso Alegre, MG, onde também estamos presentes. Já em nossa feira da COBASI do Morumbi mais 3 cães foram adotados no último final de semana.
Adotar é mesmo tudo de bom. Doar um cãozinho resgatado das ruas, mais ainda.
Prestigie nossas feiras de adoção. Fique atento à programação em nossas redes sociais ou site.


Adotar é mesmo tudo de bom. Doar um cãozinho resgatado das ruas, mais ainda.










MUTIRÃO REALIZADO NA CASA DE D. DALVA NO ÚLTIMO SÁBADO

Um grande mutirão envolvendo mais de 40 pessoas foi realizado no último sábado na residência da D. Dalva, na zona leste de São Paulo, e que abriga mais de 60 animais. Ao todo foram retirados mais de 200 sacos de lixo e 4 caçambas cheias de entulhos.
Nosso gasto para esta primeira etapa de trabalho foi de R$ 1.900,00 (hum mil e novecentos reais). Queremos e precisamos voltar lá no próximo final de semana, mas precisamos da ajuda de todos, pois D. Dalva e seus animais precisam de tudo o que você possa imaginar.

Sábado, dia 03.08 - Continuar a retirada de lixo e faremos novos exames nos animais. Você está convidado a participar deste mutirão do bem.

Doações para D. Dalva e família: Estamos aceitando móveis, eletrodomésticos, material de construção para fazermos um local para os cães, roupas para crianças até 12 anos, roupas para adultos, cestas básicas, brinquedos para menino e menina (10 e 7 anos, respectivamente) e o que mais você puder colaborar.

Doação para os cães: Em um primeiro momento: ração, remédios (vermífugos), cobertores. 

Adoção de animais: Todos os animais serão doados. Caso tenha interesse em adotar um cãozinho ou gatinho da D. Dalva, mande e-mail para: faleconosco@caosemdono.com.br

Doações em dinheiro: Precisamos contratar ainda 4 caçambas de lixo para o dia 03 de Agosto. Cada uma tem custo de R$ 250,00. Também teremos despesas com lanche para os voluntários, compra de sacos de lixo, luvas de procedimento, fios (a parte elétrica está um caos), caixinha para o lixeiro, entre outras pequenas despesas.

Para ajudar:

BRADESCO 
AG. 1480
C/C: 39641-9
Favorecido: Cão Sem Dono 
CNPJ: 10.157.938/0001-73

ITAÚ
AG. 7847
C/C: 01301-3
Favorecido: Cão Sem Dono 
CNPJ: 10.157.938/0001-73



CONHEÇA ALGUNS CÃES E GATOS DA D. DALVA
































S


TCHAU AMIGO PACATO.
No último dia 20 de julho, Dia do Amigo, nosso grande e querido AMIGO PACATO resolveu aprontar com todos nós: entrou em sua casinha para tirar um cochilo gostoso - como sempre fazia - e resolveu não mais acordar. Seu coração que bateu por 8 anos parou. 



Poxa Pacato..quem mandou partir assim quando apenas deitara para descansar um pouco?



Tudo bem, nós sabemos que a morte em sua locomotiva passou e te levou (Ela sempre chega pontualmente na hora incerta...)...mas precisava ser assim? Não poderia viver mais alguns bons anos do nosso lado, já que nunca deu certo uma adoção para você?



Você era nosso cão. Nosso amigo. Nosso pacatão lindo, bonzinho e amável com todos.



Aliás, teve visita no sítio para te procurar, sabia? Ficaram tristes em não te ver latindo ou sentindo aquele seu ciume danado quando acariciaram outros cães. 



Nós também ficamos com um baita vazio no peito.



Pois é AMIGO...você se foi e agora está junto de tantos outros amigos seus e nossos também,...e sabemos que está no céu disputando um cantinho com o Lobo, como sempre fez aqui na terra.



Pacato: queremos apenas que saiba que amanhã e depois e sempre você será por nós lembrado com amor e carinho e por favor, nos espere, pois afinal não sabemos ainda se vivemos para morrer ou morremos para renascer.

Até breve amigão!











O domingo, dia 07, foi marcado por muita emoção na cidade de Bueno Brandão, MG. Após 17 dias de muito trabalho e dedicação, muitas reuniões, muitos acordos firmados e documentos assinados, muito estresse também, o novo abrigo da protetora Ana Karina finalmente ficou pronto, faltando apenas alguns ajustes, e conseguimos transferir para lá TODOS os cães durante a noite, tirando-os do antigo matadouro.



Desde que o juiz deu a sentença de retirar os cães da protetora e sacrificá-los, em momento algum a deixamos sozinha ou a seus cães. Nós da ONG Cão Sem Dono e SOS Bichos, de Pouso Alegre, MG, negociamos com o prefeito, secretários, polícias civil e militar, procuradoria do município e justiça, tudo para que ela pudesse ter seus cães de volta. Também tivemos a iniciativa de dar início às obras de um abrigo novo, afastado da cidade e em terreno da protetora, já que acreditávamos que seria essa a única solução para que ela pudesse ter seus animais de volta. Este abrigo hoje é uma realidade, depois da ajuda financeira de muita gente de bom coração e que atendeu os vários apelos feitos pela internet.



Ao todo percorremos mais de 3.000 Km nesse período; ajudamos a cuidar dos cães; os socorremos várias vezes após brigas; corremos atrás dos animais fugitivos; tivemos que nos responsabilizar com contratação de mão de obra especializada; compramos utensílios diversos como coleiras, mangueira, bacias, lanternas, sacos de lixo; limpamos as baias onde estavam os cães (antigo matadouro); sustentamos esses animais com ração da marca EUKANUBA (já foram mais de 600 Kg); nos hospedamos na cidade algumas vezes; tivemos que dar "caixinha" para alguns prestadores de serviço para agilizar os trabalhos, entre tantas outras atividades e dificuldades por que passamos. Foram horas e horas de muita tensão misturada com o choro de cada etapa vencida.



O certo é que em apenas 17 dias um super abrigo ficou prontinho, em área de difícil acesso, com 11 grandes espaços e um cercadão para os animais, num total de quase 300 m² de construção, conforme as fotos anexas. Não há espaço para agradecer a ajuda de todos. Nomeá-los poderíamos cometer alguma injustiça ao esquecer um nome, aquele anônimo que fez sua ajuda, aqueles que rezaram para um final feliz. O certo é que esse momento de alegria só é possível graças à Sra. Luisa Mell que publicou um e-mail da protetora Ana Karina denunciando o fato. Também a Sra. Sheila Moura do “O Grito do Bicho” comprou a briga, assim como outras pessoas sérias da proteção animal. Como estávamos pertos de Bueno Brandão, para lá nos dirigimos no dia seguinte, nos unindo à ONG local, Arcca de Noé que ajudou bastante no trato com os animais.



Estamos preparando vídeos, mais fotos e um relatório final (inclusive com prestação de contas) que publicaremos em breve. No próximo post que faremos ainda hoje a emoção da protetora ao reencontrar seus animais depois de muitos e muitos dias de angústia e sofrimento, já que ela também estava proibida de vê-los. Um muito obrigado a todos que acreditaram que seria possível reverter a situação, compartilharam a notícia e os pedidos de ajuda. Nós, do Cão Sem Dono e SOS Bichos, não desistimos nem por um minuto.







ACORDO FIRMADO COM A PRESENÇA DO CÃO SEM DONO GARANTE 
DEVOLUÇÃO DOS CÃES EM BUENO BRANDÃO - MG

Acabamos de chegar da cidade Bueno Brandão muito esgotados e depois de passarmos (nós do Cão Sem Dono e da SOS Bichos) a noite anterior sem dormir e dentro de um antigo matadouro, em local deserto, frio, sem luz e ao lado da protetora Ana Karina e de seus 70 cães. 



Durante todo o dia de muitas idas e vindas, discussões, separação de terrível briga entre cães, resgate de feridos para o veterinário, limpeza de canis, correr atrás de cães fugitivos (já que o local onde estão é improvisado), compra de utensílios (baldes, vasilhas, coleiras, etc), inspeção da obra do novo canil, compra de material de construção, entre outros, fomos chamados por volta de 19 horas para uma reunião na Prefeitura Municipal de Bueno Brandão. 



Claro que chegamos preparados para o pior, pois a pressão estava grande em função do desespero da protetora Ana Karina e de sua mãe - que vivem exclusivamente para os animais - não quererem abandonar o local onde eles estão abrigados, e uma decisão judicial as intimava a isso, pois a Prefeitura já era depositária fiel dos 70 cães. 



Participaram da reunião: O Prefeito Municipal, seu Chefe de Gabinete, o Delegado de Polícia, o Comandante da Polícia Militar, o Procurador do Município, a Secretária de Saúde, a medica Veterinária da prefeitura, a Sra. Ana Karina (protetora), Carla Viviane da SOS Bichos e Vicente Define representando a ONG Cão Sem Dono. 



Durante o encontro que se estendeu por quase duas horas, procuramos explanar o problema dos cães abrigados no matadouro e também de nossa iniciativa em já estar construindo um abrigo mais adequado para todos os animais em terreno da protetora, e que para isso gostaríamos que a Prefeitura devolvesse a ela todos os seus animais. Também afirmamos que reconhecíamos a preocupação e boa vontade da Prefeitura de Bueno Brandão, mas que eles não tinham condições de proporcionar um local adequado e digno para tantos animais, além de não possuírem pessoas especializadas para o trato com os mesmos. Ainda ressaltamos que estávamos lá todo esse tempo para ajudar a preservar a integridade dos cães e também auxiliar a encontrar soluções que pudessem mantê-los com a Sra. Ana Karina em seu novo abrigo, já que no atual os animais estavam estressados e mal acomodados em função do pouco tempo que a Prefeitura teve para adaptar um antigo e já abandonado matadouro. 



Sendo assim, ficou decidido, entre outros, que a Prefeitura ajudará a terminar - com mão de obra - o canil que o Cão Sem Dono e a SOS Bichos tiveram a ideia de construir de forma rápida; que TODOS OS ANIMAIS retornarão para a guarda da Sra. Ana Karina tão logo estas mesmas obras estejam prontas; que enquanto os cães não retornem para a guarda da Sra. Ana Karina e de sua mãe, elas não mais poderão ficar no matadouro, até mesmo para descansarem de todo o estresse por que passaram; que o marido da médica Veterinária, acostumado com o trato de animais passaria esta noite no matadouro; que a ONG Cão Sem Dono e a SOS Bichos auxiliarão no trato com os mesmos durante o dia e próximas noites, caso seja necessário; que a ONG Cão Sem Dono e SOS Bichos poderão levar os animais para o novo local (canil) depois de pronto. 



Cabe-nos informar também que o Juiz João Cláudio Teodoro, segundo o Prefeito e também o Procurador do Município, foi quem sugeriu esta reunião, pois estava preocupado com a saúde e integridade física da Sra. Ana Karina e de sua mãe, além do bem-estar dos animais. O cumprimentamos pela decisão tomada. 



Todas as fotos que acompanham este post são do dia 25 de junho. Ainda falta bastante para completarmos o novo canil, que será agora uma obra definitiva, mas esperamos entregá-lo esta semana ainda. 



Para ajudar a Ana Karina e sua mãe a encontrarem seus protegidos o quanto antes, pedimos sua ajuda: Banco Bradesco ag.: 1853-8 Conta Poupança: 1002404 Titular: Ana Karina Bueno - CPF 057.235.366-99



E nesta quarta-feira, dia 26 de Junho, desde 7 horas da manhã, já estamos por lá novamente!











      







SITUAÇÃO EM BUENO BRANDÃO – COMUNICADO


Acabamos de chegar (sábado, dia 22, 23h45) da cidade de Bueno Brandão, MG, e informamos abaixo o que ficou decidido após exaustiva reunião envolvendo a ONG Cão Sem Dono; Prefeitura Municipal representada por seu Chefe de Gabinete, a Secretária de Saúde e a Veterinária do município; a protetora Ana Karina e sua mãe Ana Célia; e a presidente da SOS Bichos de Pouso Alegre:



1) A Prefeitura de Bueno Brandão ofereceu apenas um micro-ônibus para auxiliar no transporte dos animais até nosso canil de Paraibuna-SP. Alegaram não ter como ajudar em mais nada, nem no complemento de despesas com combustível para outros veículos que seriam necessários, já que neste micro-ônibus não caberiam mais do que 20 cães (e sendo transportados de forma precária e perigosa por 260 Km);



2) A Prefeitura alegou, também, não poder custear a vacinação dos cães (V-10), a não ser a antirrábica que foi feita nos animais no dia de hoje e na nossa presença;



3) As doações que solicitamos através de nosso último post tinham como objetivo único auxiliar no transporte dos animais e na compra de algum medicamento ou equipamento que fosse necessário para tal operação. Recebemos por e-mail e inbox alguns comprovantes que, somados, chegam a R$ 540,00 (quinhentos e quarenta reais), valor este suficiente para transportar apenas 8 (oito) animais com conforto e dentro das normas de trânsito.



4) Optamos então por aplicar um plano alternativo para preservar os cães e mantê-los em segurança, que é a construção de um abrigo improvisado em um terreno da protetora e mais afastado do centro da cidade. Um outro abrigo também está sendo improvisado pela prefeitura local (antigo matadouro) e também estamos acompanhando esse processo.



5) Este abrigo estará sendo montado amanhã, domingo. Já organizamos um mutirão de amigos na cidade de Pouso Alegre (MG) para ajudar, já que NENHUM morador da cidade de Bueno Brandão apareceu para oferecer ajuda durante os 2 dias em que estivemos lá. Aliás, nem eles e nem ninguém mais.



6) Todos os cães serão preservados e nenhum deles será sacrificado ou doado sem o consentimento da protetora Ana Karina. Este acordo já tinha sido fechado na reunião da última quinta-feira.



7) Os que fizeram doações e ainda não encaminharam comprovantes, solicitamos que o façam para o e-mail: faleconosco@caosemdono.com.br Os valores antes destinados ao transporte de Bueno Brandão a Paraibuna serão integralmente devolvidos na segunda-feira, dia 24 de junho. Os doadores serão contatados por e-mail.

Os custos até agora envolvidos serão assumidos por nós, diretores, e não utilizaremos nenhum recurso da ONG ou de terceiros, e a estes agradecemos muito pela oferta e confiança.



9) Estaremos doando - ONG Cão Sem Dono e SOS Bichos - um total de 1,3 toneladas de ração da marca EUKANUBA para a protetora. Faremos a doação de paletes e outros materiais que tivermos disponível para manter os cães protegidos. Também as telhas do novo abrigo.



10) Neste domingo, dia 23.06, estaremos indo logo cedo para Bueno Brandão. Acompanharemos o desfecho desse caso até que TODOS OS ANIMAIS estejam em segurança, devidamente acomodados e sob proteção da Sra. Ana Karina e sua mãe, Sra. Ana Célia.



11) Como a sentença deve ser cumprida pela Prefeitura até 16h00 de segunda-feira, dia 24, os animais estarão sendo abrigados de forma segura e temporária como já informamos acima, mas um novo e bem montado canil deverá ser construído. Para isso, e para os que desejarem, estamos colocando abaixo o número da conta poupança da protetora Ana: Banco Bradesco, Agência 1853-8 C.Poupança: 1002404-8, nominal a Ana Karina Bueno.



12) Aproveitamos para informar, também, que o MANDADO DE SEGURANÇA Cr Processo Siscom: 91.11.897 que visava suspender a obrigatoriedade da transferência imediata dos animais para outro local foi INDEFERIDO neste sábado, dia 22. A advogada Dra. Andreia Arruda, da cidade de Cambuí, MG, mostrou muito boa vontade e procurou fazer de tudo para auxiliar a protetora e seus animais.



13) Para TODOS os que se mostraram PREOCUPADOS com os animais, fica aqui o CONVITE para nos ajudar neste domingo e segunda-feira pela manhã. Precisaremos de MUITA MÃO DE OBRA. Os interessados poderão nos contatar para que possamos passar o endereço onde estão sendo montados os canis improvisados. De São Paulo a Bueno Brandão são apenas 270 Km.

- 0 - 




“ONG CÃO SEM DONO” RESGATARÁ TEMPORARIAMENTE TODOS OS 70 ANIMAIS DE BUENO BRANDÃO-MG. PRAZO: 2 DIAS.


Apesar da boa vontade da prefeitura local, os animais não mais poderão ser abrigados no antigo matadouro, pois o lugar não oferece nenhum tipo de condições de higiene e segurança para os animais e sua protetora. Isso já foi descartado pela protetora, dona dos cães. Também alega a prefeitura que terá que cumprir com a determinação do juiz de retirar os animais na segunda-feira, até 16 horas, do local onde hoje vivem (centro da cidade). Não há lugar para eles apropriado (para o juiz, deveriam ser sacrificados, decisão essa ao que parece já revogada).



Sendo assim, em acordo firmado há algumas horas entre a ONG Cão Sem Dono e a protetora Ana Karina, os animais serão por nós resgatados e levados para o canil de Paraibuna, único espaço hoje disponível para receber essa quantidade enorme de cães e com máxima segurança. Lá garantiremos ração e atendimento veterinário, além de conforto para os cães.



Nossa equipe já está se preparando em São Paulo. Serão percorridos cerca de 560 Km por veículo e por viagem. Os animais não serão dopados para o transporte, pois pode ocorrer algum problema cardíaco, principalmente nos mais idosos. Claro que pediremos ajuda também para a Prefeitura e esperamos que possam fazê-lo.



Também estamos oferecendo à protetora Ana Karina um dormitório bem montado em nossa chácara para que ela possa permanecer o tempo que desejar com seus animais. Nenhum deles será doado se ela assim não quiser.



Precisamos agora de ajuda para a questão do transporte e outros procedimentos. Estamos correndo contra o tempo. Tentaremos contratação de um caminhão especial e usaremos também nossos veículos particulares. Vermifugaremos todos os animais, além de prestar atendimento veterinário na entrada deles em nosso canil. A prefeitura ficou de fornecer as vacinas.



Também precisaremos de ajuda para contratação de pelo menos mais 1 tratador pelo período de 30 a 60 dias, prazo em que esperamos fique pronto o canil definitivo para esses cães na cidade de Bueno Brandão.



Não temos recursos, mas temos boa vontade e espaço em canis especialmente construídos e não poderíamos deixar de abrigar esses animais e também sua protetora. São 70 cães, muitos idosos e alguns filhotes.



Na decisão do juiz, que já publicamos aqui, ele pediu para a Prefeitura recolher e eutansiá-los. Jamais poderíamos permitir tal fato. Nem nós, e nem ninguém.



Quem desejar nos ajudar na questão de transporte dos cães com seus veículos particulares, estamos aceitando. Favor entrar em contato urgente com: faleconosco@caosemdono.com.br



Aos que não puderem ajudar na questão do transporte desses animais até nosso canil, fica o convite para que acompanhem pessoalmente todo o processo, inclusive com permanência em nosso canil também.



Para ajudar com combustível e permanência de nossos funcionários no local, bem como com vermífugos e outros remédios que acreditamos possam precisar os animais, seguem nossas contas:



BRADESCO 

AG. 1480

C/C: 39641-9

Favorecido: Cão Sem Dono 

CNPJ: 10.157.938/0001-73



ITAÚ

AG. 7847

C/C: 01301-3

Favorecido: Cão Sem Dono 

CNPJ: 10.157.938/0001-73

Para todo e qualquer depósito realizado pedimos a gentileza que encaminhem comprovantes para que possamos fazer a prestação de contas dessa mega operação. A SOS Bichos de Pouso Alegre, MG, também acompanhará todo o processo.

Para conhecer as instalações para onde serão encaminhados esses animais, basta acessar o link: 



NOTÍCIAS SOBRE O CASO DE BUENO BRANDÃO-MG, ONDE JUIZ MANDOU PREFEITURA RECOLHER E SACRIFICAR 70 CÃES.

Neste último dia 20 de junho estivemos – ONG Cão Sem Dono e SOS Bichos de Pouso Alegre – na cidade de Bueno Brandão, MG,  para tentar impedir que a Prefeitura local cumprisse ordem do judiciário que determina a remoção e sacrifício de 70 cães, todos eles sadios, inclusive alguns  idosos e muitos filhotes, pertencentes a uma protetora de nome Ana Karina.

Sendo assim, esclarecemos que:

1)      Fomos muito bem recebidos pelo Prefeito Sr. Danilo Amâncio que demonstrou bastante preocupação com o caso reunindo em seu gabinete seus secretários e a veterinária da cidade para nos ouvir;

2)      Durante o encontro deixamos claro que não permitiríamos o sacrifício dos animais, nem que para isso tivéssemos que removê-los para qualquer outro local e que a decisão do juiz era arbitrária e cruel;

3)    O Prefeito, por sua vez, se dispôs a ajudar dentro de suas possibilidades para que evitasse o sacrifício dos animais determinado pela justiça, já que ele mesmo tem animais e gosta deles;

4)      A veterinária Simone Cardosi, que conhece cada um dos 70 cães pertencentes à Sra. Ana Karina declarou na reunião que não praticaria a eutanásia nos animais nem com ordem judicial;

5)       Fomos conhecer o abrigo e todos os animais. Há cães idosos, mutilados resgatados de maus-tratos e muitos filhotes também, todos eles bem cuidados, a maioria castrados e vacinados. O local estava em boas condições de higiene. O grande problema é que o canil fica no centro da cidade;

6)     O processo vem se arrastando desde 2011 e a Sra. Ana Karina não cumpriu com os acordos feitos no judiciário, daí a decisão do juiz; 

7)      A advogada do caso, Dra. Mariana Machado, está saindo de Caraguatatuba (SP) para ingressar com um Mandado de Segurança no Tribunal de Justiça de Minas Gerais para tentar suspender a decisão, na tentativa de conseguirmos tempo para adequarmos um novo local para onde serão transferidos os animais;

8)      A Sra. Ana Karina possui um terreno na área rural que poderá servir de abrigo aos seus animais. Acontece que o local é íngreme e sem estrutura nenhuma. Não há cercas, nem luz e nem água (a não ser de uma bica). Durante nossa permanência na cidade o prefeito mandou uma escavadeira para o local (e acompanhamos esse trabalho) preparando o terreno. 

O QUE FICOU DECIDIDO:

1)      O prefeito, mesmo contra sua vontade, terá que cumprir a DECISÃO JUDICIAL decorrente do Juizado Especial. Seu prazo termina SEGUNDA-FEIRA, dia 24 de Junho;

2)      O prefeito estará cedendo um espaço para abrigar os cães temporariamente até que sejam concluídas as obras do novo canil da Sra. Ana Karina (protetora independente);

3)      Nós do Cão Sem Dono e SOS Bichos faremos doação de ração para o período de adaptação e transferência dos cães e acompanharemos todo o processo;

4)      As instalações para onde vão os cães é o antigo matadouro municipal desativado há mais de 3 anos. Uma equipe da prefeitura estará adaptando o espaço e nós (Cão Sem Dono e SOS Bichos) também estaremos lá ajudando. Precisamos de voluntários;

5)      Quanto à construção dos novos canis, informações a respeito serão publicadas posteriormente.

LINKS DE INTERESSE:

Site da Prefeitura de Bueno Brandão divulga nossa presença na cidade:

Site O Grito do Bicho que apresenta, entre outras informações, entrevista com o Prefeito Danilo Amâncio.

CUMPRIMENTOS:

Queremos aqui deixar registrado nossos cumprimentos à Sra. Luísa Mell que divulgou em sua página do Facebook o apelo da Sra Ana Karina.

Também cumprimentamos a Sra. Sheila Moura do site O Grito do Bicho por acompanhar com interesse todo o caso.

E finalmente cumprimentar o prefeito Danilo Amâncio pela disposição em ajudar a preservar a vida desses 70 cães. Esperamos que o exemplo dele seja seguido por prefeitos de todo o país.


FOTOS DA REUNIÃO, DOS CÃES DE ANA KARINA E DO NOVO LOCAL ONDE 
SERÁ CONSTRUÍDO O NOVO CANIL

Reunião na Prefeitura de Bueno Brandão

Reunião na Prefeitura de Bueno Brandão

Prefeito Danilo Amâncio e a Protetora Ana Karina

Ração doada pelo Cão Sem Dono e SOS Bichos

O prefeito também ajudou a descarregar a ração

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Canil de Ana Karina

Local de construção do novo canil

Local de construção do novo canil

Local de construção do novo canil

Local de construção do novo canil

Local de construção do novo canil




Atenção:
Não estamos efetuando resgates no momento.




Está fazendo muito frio em nosso sítio de Itapecerica da Serra - SP e precisamos de cobertores para nossos cães. São 180 cobertores no total. Quem puder ajudar, agradecemos. Temos postos de arrecadação no Jabaquara e na COBASI do Morumbi. Informações: faleconosco@caosemdono.com.br





Para nos ajudar:

BRADESCO

AG. 1480

C/C: 39641-9

Favorecido: Cão Sem Dono 
CNPJ: 10.157.938/0001-73

ITAÚ

AG. 7847

C/C: 01301-3

Favorecido: Cão Sem Dono 
CNPJ: 10.157.938/0001-73


Conheça os novos moradores de nosso Lar Transitório de Itapecerica da Serra. 
Todos eles resgatados das ruas, vítimas de maus-tratos e do abandono.

Beto
Bibi
Emily
Lilo
Mel
Nina
Rabito
Senna
Sheik
Tammy
Tobby






Clique no logotipo acima e curta a página no Facebook




Não são poucas as vezes que nos deparamos com situações que exigem de nós FÉ e a CONFIANÇA em Deus para seguirmos em frente em nossa caminhada pelo bem.

Nós enxergamos aqueles que muita gente não vê, ou seja, aqueles cães que vivem na sarjeta, revirando o lixo, sendo enxotados de cada local onde tentam se proteger. São invisíveis para a grande parte da sociedade. Ninguém como nós, que gostamos e respeitamos os animais, para sentirmos em seus olhares o pedido de socorro, a impossibilidade de se cuidarem sozinhos,  a solidão e a fome que sentem.

Para nossa grata surpresa uma grande empresa também sentiu o que sentimos todos os dias e nos procurou para fazer a doação de uma grande quantidade de ração. De alguma forma enxergaram que é uma dificuldade manter um canil, seja de ONG ou não, funcionando adequadamente e eles sabem, como nós, que cães bem alimentados são mais saudáveis e felizes.
Durante muito tempo negociamos com a P&G, fabricante da marca de ração EUKANUBA, a doação de produtos que estão com prazo curto de vencimento, já que responsavelmente são retiradas das prateleiras de pet shops e dos super e hipermercados para que não sejam consumidas após a data de validade. Diga-se de passagem, toda esta negociação foi uma iniciativa que partiu da própria empresa, uma multinacional com 176 anos de vida. Três entidades seriam as beneficiadas: SOS Bichos de Pouso Alegre, MG; Cão Sem Dono de São Paulo e o Abrigo Irene Komka da cidade de Barão de Cotegipe, Rio Grande do Sul.
Cumpridos todos os processos burocráticos como toda documentação legal, atestado de utilidade pública, comprovação dos cães e necessidades, restava só aguardar o grande dia. A torcida para que tudo desse certo sempre foi muito grande. Foram meses de expectativas, sonhando com a vinda dessa ração. E ela chegou, e é impossível não se emocionar pensando nisso. Não há preço que pague saber que tem um monte de cãozinho com a garantia por um bom tempo de ter a barriguinha bem cheia.
Por isso, P&G, muito obrigado por nos ajudar e aos nossos animais. ONG´s são entidades que vivem de sonhos graças à sensibilidade das pessoas e de empresas como a de vocês. Sem a solidariedade simplesmente não existiríamos.
UM APELO PARA QUE O EXEMPLO DA P&G POSSA SER SEGUIDO.
Aqui fazemos um apelo a todos os outros fabricantes de ração do país: Não destruam as que retornarem para suas fábricas. Doe para os que cuidam de animais de rua. Doem tudo. Sigam o exemplo da P&G e ajudem quem precisa. Revejam suas normas. Vocês não vão vender menos ração agindo assim, muito pelo contrário, ganharão a simpatia dos que podem comprar suas marcas. Além disso, poderão usar essas doações como forma de propaganda institucional. Nenhuma entidade beneficiada se importará com isso.
PÁGINA DA EUKANUBA NO FACEBOOK:
Convidamos todos os nossos seguidores e amigos a retribuírem esta doação curtindo a página da EUKANUBA no Facebook. É uma forma de agradecermos a eles por alimentar tantos cães carentes.

Em Tempo: A P&G não nos pediu propaganda nenhuma, nem texto, nem vídeo, nem fotos, mas é a forma que encontramos de poder dizer UM MUITO OBRIGADO.
Cão Sem Dono
SOS Bichos de Pouso Alegre
Abrigo Irene Komka




A ONG Cão Sem Dono está abrigando, atualmente, 206 animais. Nossa capacidade é para muito mais, mas os recursos são poucos. Nosso consumo de ração é de 100 quilos/dia. Além disso, estamos com 12 canis parados por falta de manutenção, motivo pelo qual não estamos efetuando resgates no momento.
Caso esteja com algum cãozinho em situação de resgate, ajudaremos a divulgá-lo, bastando nos passar link de sua página no Facebook através do e-mail: faleconosco@caosemdono.com.br


RECADINHO DA NINA PARA VOCÊ!

Olá, eu sou a NINA e tenho 4 anos. Estou no sítio do Cão Sem Dono já faz um bom tempo e continuo esperando para ser adotada. Sou boazinha, me dou bem com outros cães,  já sou castrada, vacinada e vermifugada. Mande um e-mail para: faleconosco@caosemdono.com.br



Nossa homenagem ao compositor e zoólogo Paulo Vanzolini



Um recadinho para você.
Clique no botão play





Leia nosso último boletim informativo de 18 de abril
Clique no cãozinho abaixo



Estamos precisando de material para limpeza com urgência. Quem puder nos ajudar, agradecemos de coração.



- Desinfetantes biodegradáveis;

- Detergentes;

- Sabão em pó;

- Sacos de lixo;

- Esponjas;

- Cloro;

- Água Sanitária



Você também poderá mandar entregar em nosso escritório no Jabaquara ou na COBASI do Morumbi.



Caso queira nos ajudar na compra destes produtos, segue abaixo nossas contas bancárias:



BRADESCO

AG. 1480

C/C: 39641-9

Favorecido: Cão Sem Dono

CNPJ: 10.157.938/0001-73

ITAÚ

AG. 7847

C/C: 01301-3

Favorecido: Cão Sem Dono

CNPJ: 10.157.938/0001-73



Continuamos com 12 canis esperando reforma

Um canil bem estruturado proporciona segurança aos animais.
Nossa capacidade é para 250 cães só em Itapecerica da Serra, mas estamos com vários canis sem manutenção como troca de portões, telhados e cercas, além da necessidade de refazermos todo o sistema hidráulico. Falta verbas para isso. Só para estas reformas os orçamentos iniciais apontam para uma despesa de R$ 12.000,00 (doze mil reais), dinheiro esse que não temos.

A reforma destes canis abrigaria aproximadamente 50 novos cães, mas para isso precisamos de 100 contribuintes que colaborarem com R$ 120,00 (cento e vinte reais) cada um dentro de um prazo estipulado de 30 dias.

Caso queira ser um desses colaboradores, escreva para: faleconosco@caosemdono.com.br












LOBO, MUITO MAIS QUE UMA ESTRELA: UMA CONSTELAÇÃO.
Com muita dor no coração informamos que o estado de saúde de nosso querido e amado Lobo piorou. Infelizmente o aumento de volume de seu tumor não estacionou, chegando a quase 10 cm de diâmetro. Seu comportamento mudou, andando sempre com a cabeça baixa, apresentando ligeiro desequilíbrio, emagrecimento rápido e muita sensibilidade ao toque. Ele estava sob o efeito de drogas à base de opióides - em suas dosagens mais altas - que não mais surtiram o efeito desejado. Todos os recursos clínicos e cirúrgicos foram esgotados. Seu tumor era altamente metastático.



Hoje, dia 01.03, o colocamos para dormir. O devolvemos a Deus que certamente já o abraça, lhe faz um carinho gostoso (algo que ele não aceitava aqui na terra) e está lhe dando muito mais do que tentamos nesses anos todos de convivência em nosso sítio de Itapecerica. Deus abriu as portas de sua casa para que ele tenha um lar de verdade. 



Grande Lobo: você vai morar em nossos corações e para sempre será lembrado com muito amor e carinho. Você foi embora agora e já deixa uma saudade enorme, uma dor no peito de cada um de nós que o amamos e aprendemos a respeitá-lo. Seus amiguinhos do sítio também sentirão sua falta, principalmente o Pacato, aquele velho e doce Pastor Alemão que sempre disputou os melhores cantinhos e sombras com você. 



O dia hoje está mais triste, mas resta-nos o consolo de acreditarmos em um céu repleto de entes queridos, e certamente quando chegar nossa hora você vai estar lá, lindo como sempre foi, a nos esperar.



Até breve amigo.


UM PEDIDO DE AJUDA ESPECIAL


Estamos publicando nossa prestação de contas do mês de janeiro/2013 (clique na aba Prestando Contas). Como poderão notar, nossos gastos são muitos, já que temos uma excelente estrutura em funcionamento e que tem possibilitado manter bem todos os nossos animais já resgatados e os recém-chegados, que sempre ocupam espaço dos cães doados. Somos uma ONG de animais, e não depósito de cães como há muitos espalhados por aí. Trabalhamos e abrigamos animais com responsabilidade.
  
Todas as despesas efetuadas visam única e exclusivamente trabalho em prol dos animais e os locais onde eles vivem (seus lares temporários). Procuramos fazer com que sintam-se como se estivessem em uma casa, com muito amor e carinho. Quem conhece estes locais sabe disso. Nossos cães jamais ficam sozinhos e temos funcionários muito zelosos. Cada cão resgatado por nós é como se nos pertencesse até o final de suas vidas.

Lembramos que estamos hoje abrigando e cuidando diretamente de 190 cães em nossos sítios de Itapecerica e Paraibuna.  Poderíamos estar abrigando mais de 250 (em apenas uma de nossas unidades), mas todos os meses estamos fechando no vermelho como poderão constatar. Falta mais apoio. Mais colaboração. Sozinhos não estamos conseguindo dar conta das contas. O desânimo muitas vezes chega a ser grande, mas não desistimos jamais de procurar cumprir nossa obrigação da melhor maneira possível, pois animais sofrendo estão todos os dias em todas as esquinas.

A previsão de fechamento das contas neste mês de fevereiro é extremamente preocupante. Não estamos conseguindo nem fazer nossas feiras de adoção ou até mesmo realizar exames clínicos adequados em nossas clínicas ou laboratórios de confiança, pois estamos devendo-os e já sem crédito.

Sendo assim reiteramos mais uma vez nosso pedido de AJUDA feito em e-mails anteriores, já que as nossas dívidas somam, até 25 de fevereiro, um total de  R$ 20.728,71 (vinte mil, setecentos e vinte e oito reais e setenta e um centavos). Só em janeiro ficamos devendo R$ 10.824,97.

Quanto mais ajuda tivermos, mais poderemos atender aos animais abandonados, mais chance terão de encontrarem um lar através de nossas feiras de adoção, sem contar que menos cães morrerão em nossos sítios de velhice e sem pelo menos terem uma chance de uma família que os ame.

Para nos ajudar com qualquer valor, seguem nossas contas bancárias:

BRADESCO

AG. 1480
C/C: 39641-9
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73

AG. 7847
C/C: 01301-3
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73

Você também pode ajudar com CARTÃO DE CRÉDITO através do Pag Seguro UOL acessando a página:


Aceitamos também RAÇÃO das marcas Pedigree, Champ, Max Performance ou similares.

Um muito obrigado pelo seu carinho,

ONG Cão Sem Dono




Esperança e Jade



Nossa querida JADE nos deixou no último dia 05 de março. Não resistiu à sua enfermidade.





Esperança é a cachorrinha que resgatamos no último mês de dezembro na Rodovia Régis Bittencourt, vítima de atropelamento. Estávamos retornando de nosso sítio de Itapecerica da Serra. Imediatamente, e graças a ajuda de todos vocês, passou por vários exames e começou a ser tratada por nossa veterinária, Dra. Fernanda Ribeiro. Em seus múltiplos exames ficou constatada lesão craniana grave e traumatismo cervical, além de outros problemas como cegueira em uma das vistas.

Depois de quase um mês de cuidados clínicos resolvemos iniciar um tratamento com acupuntura com vistas a estimular seu sistema nervoso, bastante comprometido. No sábado de Carnaval foi sua primeira sessão e deverá ser submetida a várias outras, além de novos exames laboratoriais. A técnica de acupuntura já foi utilizada por nós anteriormente, e os resultados alcançados foram excelentes.

  Vídeo da esperança em sua primeira sessão de tratamento.





Jade

Outra cachorrinha que está nos preocupando é uma Shih-tzu (batizamos de Jade) de apenas 2 meses de idade e que maldosamente foi abandonada em um Pet Shop de São Bernardo do Campo.
Após seu resgate, ocorrido no domingo pela manhã, dia 08, constatamos que ela tem uma lesão craniana e neurológica grave em função de má formação. No mínimo, ao perceberem que ela tinha problemas, a abandonaram em vez de procurarem tratamento adequado. Talvez seja ela mais uma vítima de criadores, não sabemos ainda. Nossa veterinária deu início à parte clínica e precisamos agora fazer vários exames na tentativa de saber seu real estado de saúde. O caso dela é gravíssimo.


PARA AJUDAR


Cada sessão de Acupuntura da Esperança, realizada na Clínica Quallitás - http://www.qualittas.com.br/ - tem um custo de R$ 80,00, incluindo o transporte. Ela deverá fazer pelo menos 15 sessões. Além disso, terá que se submeter esta semana a uma nova bateria de exames e de raio X com várias posições, a um custo de R$ 200,00 incluindo o transporte. Esperança só está se alimentando com ração Hill´s, que tem valor alto.

A pequena Shih-Tzu também será submetida a exames de raio X, várias posições, a um custo total de R$ 150,00 inicialmente, já com transporte.

Somado a isso, ainda estamos devendo o salário da Dra. Fernanda Ribeiro deste mês.
Sendo assim, quem puder nos ajudar com qualquer valor, agradecemos de coração e, caso isso seja possível, pedimos que nos informe ou mande comprovante de doação para que possamos contabilizar sua ajuda para estes fins.


faleconosco@caosemdono.com.br




AG. 1480
C/C: 39641-9
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73



AG. 7847
C/C: 01301-3
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73

Para doar com cartão de crédito

Acesse nossa página Como Ajudar



Precisamos também de fraldas e tapetinhos higiênicos.





NINA JÁ TEM UM NOVO LAR

Na última semana divulgamos uma Dachshund para adoção, a Nina. Recebemos mais de 100 e-mails de pessoas interessadas em adotá-la e queremos acreditar que este grande número de interessados foi em função dela ser de porte pequeno e se adaptar bem em apartamentos. Agradecemos a todos os que se manifestaram.
Quem a adotou foi a Cristina Duarte de Moraes que, junto com seu marido e filha, estão entusiasmadíssimos com a nova membro da família.
Aproveitamos para informar que a Nina tem um irmãozinho que logo estará disponível para adoção.



CONHEÇA NOSSOS NOVOS RESGATADOS E TAMBÉM OS CÃES QUE ESTÃO EM NOSSO LAR TRANSITÓRIO
(clique na imagem abaixo)






RAYANE - ADOTADA

Mais um cãozinho encontra um lar!
Neste último domingo nossa Rayane foi adotada na Feira que realizamos na COBASI do Morumbi. Nem precisa dizer o quanto vibramos cada vez que um de nossos animais encontra um lar responsável e cheio de carinho e amor.
Queremos agradecer à adotante e a todos os padrinhos e madrinhas que a ajudaram enquanto esteve em nosso Lar Transitório.





VÍDEO QUE MOSTRA UM POUCO QUEM SOMOS E O QUE
FAZEMOS PELOS CÃES QUE RESGATAMOS

 


  CLIQUE NA FOTO ABAIXO E VEJA AS IMAGENS DE NOSSA FESTA 
REALIZADA JUNTO COM OS NOSSOS ANIMAIS EM NOSSO SÍTIO


             
COM SUA AJUDA NOSSO TRABALHO DE SALVAR VIDAS NÃO PÁRA

O trabalho que realizamos no resgate de cães abandonados só é possível graças à ajuda daqueles que os respeitam e os amam. Sem esse apoio, mais e mais animais perambulam pelas ruas sem destino, com sede, fome, frio e uma grande maioria sentindo dores em função de maus-tratos, doenças ou atropelamentos.

Hoje, cuidamos diretamente de 200 cães em nossos abrigos, mas independente dessa lotação, estamos sempre procurando socorrer animais em situação de risco. Quando isso não é possível, trabalhamos muito no sentido de divulgá-los para que outros protetores ajudem nesta tarefa de fazer o bem para os que não sabem se defender sozinhos.

COMO VOCÊ PODE NOS AJUDAR?


Adotando um animal. Saiba como clicando AQUI

Apadrinhando um de nossos cães até que ele seja adotado. Clique AQUI

Com doação de ração, medicamentos em geral, material de limpeza, etc.

Doações em dinheiro para nossas despesas gerais, pagamento de funcionários, exames clínicos e veterinários, combustível, etc.

Acesse nossa página COMO AJUDAR? clicando AQUI


Use o PAG SEGURO UOL





Você também pode fazer depósito, transferências ou DOC  para as contas abaixo:



AG. 1480

C/C: 39641-9

Favorecido: Cão Sem Dono

CNPJ: 10.157.938/0001-73
AG. 7847
C/C: 01301-3
Favorecido: Cão Sem Dono
CNPJ: 10.157.938/0001-73


Informações: 
faleconosco@caosemdono.com.br